sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Quando fui chuva...


Gosto de música que me toca, que me toma, transforma, arrepia, faz cócegas...
Sou completamente apaixonada por Maria Gadú, Luis Kiari, Leandro Léo, entre outros que fazem parte desse projeto/movimento lindo chamado 'Varandistas'.
Estava aqui pensando na vida, ouvindo essa chuvinha gostosa, acho tempos assim tão românticos, imagino tantas cenas. Que gostoso, né? A vida é mesmo cheia de possibilidades.
Bom mesmo é ouvir juntinho de alguém especial, na mesma sintonia, com aquela troca gostosa de energia. Não tem dinheiro no mundo que pague momentos assim.
Espero que apreciem a dica.


"Quando já não tinha espaço, pequena fui

Onde a vida me cabia apertada

Em um canto qualquer,

Acomodei minha dança, os meu traços de chuva

E o que é estar em paz

Pra ser minha e assim ser tua

Quando já não procurava mais

Pude enfim nos olhos teus, vestidos d'água,

Me atirar tranquila daqui

Lavar os degraus, os sonhos, as calçadas

E, assim, no teu corpo eu fui chuva

... jeito bom de se encontrar!

E, assim, no teu gosto eu fui chuva

... jeito bom de se deixar viver!

Nada do que fui me veste agora

Sou toda gota, que escorre livre pelo rosto

E só sossega quando encontra tua boca

E, mesmo que eu te me perca,

Nunca mais serei aquela que se fez seca

Vendo a vida passar pela janela"

(_Luis Kiari e Caio Soh)

12 comentários:

  1. Tati, apreciei e muito a dica, pois também gosto desses dias assim, em que a gente dá uma parada pra pensar na vida ao som da chuva. Confesso que ainda não parei para prestar atenção na Maria Gadú, mas muita gente já me falou que ela é uma excelente artista.

    E obrigado pelas suas palavras quanto ao meu blog. Isso é um incentivo e tanto pra eu continuar seguindo firme com a Luciana. Não se preocupe quanto aos seus escritos serem profissionais ou não. É seguindo os próprios sentimentos que muita gente descobre mais sobre a alma humana do que muito psicanalista por aí. A Clarice Lispector é um exemplo monumental disso. O próprio Freud disse uma vez que, aonde quer que ele houvesse chegado (com seus estudos), um poeta havia chegado antes dele.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. As tuas dicas de música têm me feito chorar demais.

    Beijo, sua linda.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tati, tudo bem?
    Uma delícia essa música! Dica mais do que ótima.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Que linda música!
    Esta completamente coberta de razão, nada como curtir isso tudo acompanhado, de mão dadas olhos fechados.
    Sensação de segurança e que o Mundo todo se resume naquele, momento.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Amiga, estou retribuindo a sua amável visita ao meu humilde cantinho, é sempre uma alegria enorme ver chegar mais uma amiga. Adorei o seu blog e terei muito prazer em ser sua seguidora.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  6. Oi Tati!

    Indicação bacana e de muito bom gosto...

    Cheguei de viagem aqui em BH hoje...

    Beijos!!
    ;-)

    ResponderExcluir
  7. awwwn *-----*
    eu sou tão apaixonada por Maria ♥_♥

    beijas, moça :*

    ResponderExcluir
  8. Olá Tati!Bom Dia!!

    Ouvir uma boa música acompanhada, nem dia de chuva...É muito bom!
    Boa dica!
    beijos
    Bom domingo!

    ResponderExcluir
  9. Oi Tatiane. O Luiz Kiari ainda não conheço , mas a Maria Gadu, é uma sumidade, uma virtuose nessa nossa tão combalidada MPB atualmente. Adorei a dica! Abraços. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  10. Essa música realmente é linda, e ultimamente a tenho ouvido muito. A música é realmente tocante, e ainda com a voz da Gadú!
    Belo post.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Música realmente deve ser MÚSICA! Adorei seu gosto, lembra muito o meu... haha
    Beijo e feliz ano novo, querida!

    ResponderExcluir