terça-feira, 12 de abril de 2011

A gente ama pra não ser esquecido...

"Não adianta dizer que ela está cheirosa, tem que saber o perfume que ela usa, não adianta saber o signo dela se não sabe o que ela gosta de comer, o que ela gosta de preparar, saber aquilo que ninguém, nem um outro vai querer saber... Isso é simplicidade, (...) A gente ama pra não ser esquecido, a gente ama pra não esquecer. É como se a gente pedisse pro outro: Tu pode me lembrar se eu esquecer? Tu lembra de mim? Não esquece de lembrar de mim? E como isso acontece, em anos e anos de convivência de repente tu esquece de si, tu acha que não tem mais saída e vem outra pessoa e te lembra e te mostra o teu valor e não te diminui e não te julga e te mostra o teu valor e tu percebe que teu valor nela era muito maior do que tu mesmo achou que valia"
(_Fabrício Carpinejar)

6 comentários:

  1. Amiga linda... eu mudei meu blog de nome/endereço.. sera que ja vai aparecer aqui???
    Bjooos

    ResponderExcluir
  2. Ai que lindo esse texto Tati!
    É verdade..
    a gente sempre esquece alguma coisa, mas a gente lembra por causa do amor!
    Lindo!

    ResponderExcluir
  3. Carpinejar sabe o que diz!
    E essa inspiração toda....? :)

    ResponderExcluir
  4. Olá, boa noite!
    JÁ TE ADICIONEI, TE "PERSIGO".

    Seu blog é de se apaixonar. Amei de paixão, mesmo! Teus textos são maravilhosos. Já te sigo com alegria. Fique sabendo que vou voltar sempre, pois adorei vir aqui. Tenhas uma semana supimpa, bem iluminada, com saúde e muito sol.
    Se puderes e quiseres me adicionar, vou gostar demais de ter por lá seus coments. Hiper mega abraço,
    João, poeta.
    www.ludugero.blogspot.com
    Até mais!

    ResponderExcluir